Calculadora de rescisão

Como fazer cálculo de rescisão?

Para fazer o cálculo de rescisão você precisa dividir o seu salário por 12 e multiplicar pela quantidade de meses que você trabalhou no ano. Apontar o número de dependentes, saldo do FGTS e férias vencidas.

Existem diversas fórmulas que podem te ajudar a chegar no resultado. Confira abaixo como funciona para cada categoria.

Calculadora de Rescisão

Insira os valores na Calculadora para conferir o Valor final

*O valor de INSS descontado está baseado no ano vigente de acordo com a tabela do Ministério da Previdência Social

**O valor de IRRF descontado está baseado no ano vigente de acordo com a tabela da Receita Federal.

*O valor de INSS descontado está baseado no ano vigente de acordo com a tabela do Ministério da Previdência Social

**O valor de IRRF descontado está baseado no ano vigente de acordo com a tabela da Receita Federal.

Perguntas Frequentes

Saldo do salário

Se você quer saber o saldo do salário que deve ser pago, primeiro precisa do valor do salário mensal do funcionário e conferir quantos dias foram trabalhados durante o mês da rescisão.

Tendo esses números, a fórmula para chegar ao resultado é:

Saldo do salário = (salário/30) x dias trabalhados

Férias vencidas e proporcionais

Para calcular as férias vencidas, não esqueça do ⅓ constitucional a ser acrescentado. Exemplo:

Férias vencidas = salário + (⅓ x salário)

Já para as férias proporcionais, a fórmula é outra, pois ela só faz parte do cálculo de rescisão quando o colaborador não chegou a completar o período aquisitivo do contrato de trabalho. Confira:

Férias proporcionais = (meses trabalhados/12) + valor das férias

Décimo terceiro

A fórmula para calcular o décimo terceiro proporcional aos meses trabalhados também é bem simples:

Décimo terceiro proporcional = (salário mensal/12) x número de meses trabalhados no ano

Aviso prévio indenizado

O cálculo do aviso prévio indenizado é o que mais gera dúvidas nos trabalhadores, pois precisa ser levado em conta os anos de prestação de serviços na empresa. Ou seja, a conta é diferente, pois vai depender do tempo de casa de cada colaborador.

Você precisa estar atento aos pequenos detalhes, como: para cada ano trabalho, é acrescido 3 dias no cálculo. Ou seja, se um funcionário trabalhou na empresa por um ano, a fórmula será:

Aviso prévio indenizado = 30 dias + 3 x (1)

Para concluir a conta, você precisa multiplicar o resultado pelo valor da diária do colaborador. Assim, você saberá a verba rescisória para esse tipo de aviso.

FGTS e multa de 40%

Antes de calcular o FGTS, saiba que a contribuição mensal desse benefício equivale a 8% do salário do funcionário. Sabendo disso, vamos à fórmula:

Depósito mensal do FGTS = 8% x salário mensal

Agora, devemos multiplicar o valor pela quantidade de meses trabalhados para saber o total de contribuição até a rescisão do contrato. Após isso, para calcular a multa, a conta é:

Multa de 40% do FGTS = 40% x total de contribuição

Para saber o valor final do cálculo de rescisão, é preciso somar todos os valores que você encontrou ao longo dos cálculos. Ou seja, deve somar o saldo do salário, férias vencidas, férias proporcionais, décimo terceiro proporcional, aviso prévio indenizado, saldo do FGTS e a multa de 40%.

Qual o melhor site para fazer cálculo de rescisão?

O melhor site para fazer o cálculo de rescisão é o do Trabalha Brasil. Intuitivo e didático, o Trabalha Brasil é o mais simples dos sites que também oferecem esse serviço, com a vantagem de entregar o valor final do cálculo de rescisão em poucos minutos. Ele possui uma aba exclusiva de cálculo de rescisão, basta ter todas as informações em mãos.

Como calcular a rescisão de trabalho?

Considerando os direitos trabalhistas do CLT, o cálculo de rescisão de trabalho, feito de forma automatizada, se faz a partir das informações do salário bruto, data de contratação e de demissão. Depois, você precisará apontar o motivo da demissão, se foi por justa causa, sem justa causa, por comum acordo, entre outras possibilidades.

O motivo é importante, pois dependendo da situação do trabalhador, os valores e direitos a receber são diferentes. Por exemplo, em casos da pessoa ter sido demitida por justa causa, devido a algum comportamento inadequado, ela não terá direito ao seguro desemprego. Apenas o saldo dos dias trabalhados e férias vencidas.

Para calcular a rescisão, também é importante saber se o aviso prévio foi trabalhado, indenizado, não cumprido ou dispensado. Em casos do colaborador ter trabalhado dias após o empregador oficializar o pedido de desligamento, existe um valor a ser pago proporcional ao período.

Questões como número de dependentes, saldo do FGTS e férias vencidas também entram em questão para saber o valor total a receber.

Existem uma série de variáveis e fórmulas que influenciam o cálculo da rescisão.

Como fazer cálculo trabalhista grátis?

Você pode fazer o cálculo trabalhista por conta própria, utilizando as fórmulas para cada categoria CLT. Ou usar o site do Trabalha Brasil, para fazer o cálculo de forma automatizada.

Carregando, aguarde por favor...
Nós respeitamos a sua privacidade
Para otimizar sua experiência durante a navegação, fazemos uso de cookies. Ao continuar no site, consideramos que você está de acordo com nossa Política de Privacidade.
PROSSEGUIR